Ramos e Ramos - Templates da Lua

Perfil



Meu perfil

BRASIL, Nordeste, Mulher, de 20 a 25 anos, Música, Viagens, ....

Histórico

+ veja mais

Votação

Dê uma nota para meu blog

Outros Sites

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular

Visitante Número

29/11/2008

Algumas coisas.........

  Existem sentimentos e sensações que não viajam com a gente.  Tem saudades que vai junto com o avião; tem paixão que não solta do chão do apartamento; tem ansiedade que fica na parede do nosso quarto.
  Existem sentimentos e sensações que a gente precisa despachar no momento do check-in, para pegar apenas na volta.  Afinal, nada pode ser mais perigoso do que levar tristeza, angústia ou qualquer outro sentimento negativo na bagagem de mão.
  Existem sentimentos e sensações que deixo em casa.  Deixo problemas para serem resolvidos amanhã, próxima semana, próximo ano, ou nunca.
  Com o tempo, aprendi que, assim como existem histórias que foram restritas a um dia, um mês, uma cidade.  Existem também aquelas outras que teimam em se esconder nos nossos bolsos, quando a gente menos imagina.
  E foi procurando por moedas no bolso que encontrei o que eu achava ter deixado, aqui ou ali; em qualquer lugar, menos aqui.
  Faz parte de mim, e não há como se livrar.

-----

Recomendadíssimo: CORBE   (www.tramavirtual.com/corbe)

Mundo ao redor de mim
Tente Entender
Tire suas mãos de mim
Assim será
A verdade não mostra

ps. só porque eu gostei muitooooooooo ;)

-> Já tem o site, nomes das músicas, agora vai as letras pra que você aprenda a cantar direitinho ;P

Mundo ao redor de mim

Rasga o som que te faz bem
Esconde tudo pra não magoar
O que passou, passou

Derruba o mundo que sonhei
Esconde tudo pra não magoar
O que passou, passou
Adeus é mais um só

E cada vez que vi
Eu nem vi, fingi
E tudo aquilo que te faz sorrir
Me entrego a uma só

Naquele dia eu vi você sorrir
Não parecia fingir

(Refrão)
E é mesmo assim, o mundo ao redor de mim (é mesmo)
As coisas tão confusas e ninguém pra te ajudar
E é mesmo assim, o mundo ao redor de mim (redor de mim)
As coisas tão confusas e ninguém pra te ajudar

Rasga o som que te faz bem
Esconde tudo pra não magoar
O que passou, passou

Derruba o mundo que sonhei
Esconde tudo pra não magoar
O que passou, passou
Adeus é mais um só

E cada vez que vi
Eu nem vi, fingi
E tudo aquilo que te faz sorrir
Me entrego a uma só

Naquele dia eu vi você sorrir
Não parecia fingir

(Refrão)

Pare e veja
Momentos que remetem a minha tristeza
Saia, descubra, em meio a volta ache a solução

Sinto, escuto, a liberdade fala volte a voar
Sempre no escuro
Levanto meu corpo e começo a pensar

 

Tente Entender

Muitas formas de expressar sentimento
Um minuto se parece meus momentos
Então rasga, sua história
E me mostre uma vida em que a luz não pode refletir

Tente entender pra recomeçar
Tente entender para sua vida mudar
Então rasga, sua história
E me mostra uma vida em que a luz não pode refletir

Tente um dia a alegria que não tem memória
No jogo da vida começa a sua história
Não vou deixar todo tempo que ficou para trás
Não vou deixar, não vou

Tente entender pra recomeçar
Tente entender para sua vida mudar
Então rasga, sua história
E me mostra uma vida em que a luz não pode refletir

Tente um dia a alegria que não tem memória
No jogo da vida começa a sua história

 

Tire suas mãos de mim

Pra ser sincero
Só o que espero
Que seja pra sempre, o que for

Sonho com medo
Escondo um segredo
Que sempre te quis, sem rancor

Foi um pranto, foi
Te expões e não vai mais voltar

Então tire as mãos de mim
Então tire as mãos de mim
De mim que não posso voltar a sentir essa dor
Então tire as mãos de mim
Então tire as mãos de mim
Não foi eu que apontei o revólver em seu coração

Foram-se os anos
Mudaram-se os planos
Quando te esqueci, você voltou
Se tornou presente
Ficou aparente
Por muito tentei, meu coração falhou

Foi um pranto, foi
Te expões e não vai mais voltar

Então tire as mãos de mim
Então tire as mãos de mim
De mim que não posso voltar a sentir essa dor
Então tire as mãos de mim
Então tire as mãos de mim
Não foi eu que apontei o revólver em seu coração

Se eu pudesse falar e estar com a alma livre
Se eu pudesse plantar para colher a semente, a flor
E pensar algum fim
E dizer outra vez
Se eu pudesse parar e pensar com a alma livre

Então tire as mãos de mim
Então tire as mãos de mim
De mim que não posso voltar a sentir essa dor
Então tire as mãos de mim
Então tire as mãos de mim
Não foi eu que apontei o revólver em seu coração

 

Assim será

Já tentei te mostrar.
Que palavras são feridas.
Que não vão mais curar.
E assim será.

Te mostrei meu olhar.
Mas nada em sua vida vai mudar.
E assim será.

Tento dizer que não à nada que...

Tudo, vai mudar você,
Tudo, que podia ser.
Seu rosto, já não tem efeito enfim.
Tudo, vai mudar você.
Tudo, que podia ser.
Teu corpo, já não tem razão pra mim.

Já tentei te mostrar.
Que palavras são feridas.
Que não vão mais curar.
E assim será.

Toda verdade que passa por mim.
Fica saudade pra ver se é ruim.

Tudo, vai mudar você,
Tudo, que podia ser.
Seu rosto, já não tem efeito enfim.
Tudo, vai mudar você.
Tudo, que podia ser.
Teu corpo, já não tem razão pra mim.

 

A verdade não mostra

Uma luz vem dizer que as estrelas vão dormir
Não acreditei quando vi
Cada passo que eu dou, sinto mais você aqui
E o que restou?

(REFRÃO)
Não há motivo para o sol nascer, (para o sol nascer)
Não há razão de não ter você.....(não ter você)
Sim! Pode ser
A verdade não mostra
O que restou aqui

Sentidos voaram com o tempo, as me memórias que deixamos ao relento, que deixamos...
Sentidos voaram com o tempo
As memórias que carrego aqui dentro, que carrego....
Pois só agora sei, a importância para mim do que sempre foi assim

(REFRÃO)

Cada momentoque passa, vejo você aqui dentro, mostrando como sou
Sendo como posso

Sim! Pode ser...
A verdade não mostra
Sim! Pode ser...
A verdade não mostra...
O que restou aqui

 

PERFECT!!!!!!!!    

----

bEIJO eM tODoS!!!!!!                                                            




 


Escrito por uli.pontes às 18h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]